quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Mudar de vida

"Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se a vida em ti a latejar

Ver-te sorrir eu nunca te vi
E a cantar, eu nunca te ouvi
Será de ti ou pensas que tens... que ser assim

Ver-te sorrir eu nunca te vi
E a cantar, eu nunca te ouvi
Será de ti ou pensas que tens... que ser assim

Olha que a vida não, não é nem deve ser
Como um castigo que tu terás que viver

Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se a vida em ti a latejar"

António Variações

Que vontade tenho de seguir a letra desta música... Acho que era o que precisava, mudar de vida radicalmente... Não sei é como, nem acho que tenha coragem para uma mudança radical...
A verdade é que não sei que rumo dar à minha vida, não sei como torná-la mais interessante, com mais sentido e significado...

Alguém tem alguma sugestão?

2 comentários:

Sissi disse...

A única sugestão que te posso fazer é seguires o teu coração.
Faz o que queres, quando queres.
Diz o que sentes, quando sentes.
Se não te arrependeres de nada, é porque estás a seguir o caminho certo. ;)

Anónimo disse...

Pois... tema complicado... Não é fácil a reposta... Mas o comentário da Sissi faz sentido... Agora nem sempre é fácil... Beijinhos