segunda-feira, 18 de maio de 2009

Anjos e Demónios


Não sei se por já não me lembrar exactamente do livro, o facto é que adorei o filme. Prendeu-me do início ao fim, tal como o fez o livro. Do pouco que me lembro, acho que correspondeu às expectativas e tenho ideia de que era exactamente assim que eu imaginava os lugares e as coisas.

Apesar de, provavelmente ser mais ficção do que realidade, a verdade é que a história impressiona e nos deixa a pensar se as coisas são realmente da maneira que o livro as retrata. Os factos que tínhamos como certos e, de certo modo, inquestionáveis, deixam de repente de o ser. Passamos a questionar e a ver tudo de outra forma, com outros olhos. Já não é tudo preto ou branco, mas ficamos sim com a certeza de que há muitas tonalidades de cinzento pelo meio e muitas perguntas para as quais, muito provavelmente, nunca havemos de ter resposta.
Quero ver se não releio o livro tão cedo, para ficar com a impressão de que o filme lhe é fiel :p

3 comentários:

Catarina disse...

Olá linda.
Estou ansiosa para ver o filme. E, como tu, o livro já lá vai há tanto tempo, que já pouco me lembro dele. O que pode ser bom, não ir com ideias e passagens na cabeça.
Seja como for, ouvi dizer que este filme tem melhores críticas do que o Código Da Vinci.
Não são as certezas que nos fazem imaginar, são as hipóteses, são os tons de cinzento.
Beijos

Anónimo disse...

uma palavra: espectacular :)

Diana disse...

Eu quero ir ve-lo...e dp confirmo-te o q achei...mas tem sido a opiniao geral de quem já foi ver é q o filme está um espectaculo!!